Violão canhoto: o que você precisa saber

Violão Canhoto

Você já ouviu falar no violão canhoto? Muitas pessoas que não são destras têm dúvidas sobre como funciona esse tipo de instrumento musical. Afinal, a maior parte dos modelos tidos como tradicionais são feitos para serem tocados pelos destros. Logo, como seria possível desenvolver as suas técnicas dessa forma?

Felizmente, existe não apenas um modelo desenvolvido para os canhotos, como também algumas técnicas nas quais você pode investir para conseguir tocar da melhor forma. Para ajudá-lo nessa tarefa, preparamos esse artigo completo para você!

Até o final do texto, você descobrirá como é essa versão do violão, se é realmente necessário comprar um modelo diferenciado e até mesmo como você pode adaptar o violão destro para as suas necessidades. Então não deixe de ler até o final!

Vamos lá?

O que é o violão canhoto?

Violão Canhoto como é?

Como o próprio nome já indica, o violão canhoto foi desenvolvido para facilitar o aprendizado para quem tem melhor controle da mão esquerda. Esses instrumentos são conhecidos como espelhados. Ou seja, seus braços e suas cordas são invertidos.

Dessa forma, a maior vantagem de comprar um modelo nesse formato é que os canhotos podem tocar seus ritmos com mais força, enquanto os acordes ficam sob o controle da mão de menor dominância. Porém, nem só de vantagens é feito o violão.

Como a procura por esse tipo de violão não é alta, o seu valor costuma ser muito mais elevado. Além disso, não existe uma grande variedade de modelos produzidos. Portanto, você não conseguiria escolher entre diferentes materiais e até mesmo cores para ter o instrumento que sempre quis.

Por último, especialistas apontam ainda que o violão canhoto pode dificultar o aprendizado de algumas técnicas diferentes, como o finger style.

Ou seja, podemos concluir que o violão canhoto não é extremamente necessário, mesmo que você não seja destro. Mas, então, como é possível aproveitar os modelos tradicionais sem prejudicar a sua música?

Como tocar o violão sendo canhoto

como tocar violão canhoto

Basicamente, existem três formas de tocar o violão sendo canhoto. Portanto, se você não pode investir um valor mais alto na versão feita especialmente para os canhotos, não se preocupe! Ao seguir essas dicas, você conseguirá desenvolver bem a sua técnica e se acostumar com o manuseio do instrumento.

São elas:

Tocar da mesma forma

Ao seguir o modelo “tradicional” dos destros, você não faz nenhum tipo de inversão das cordas ou das mãos. Ou seja, você pegará o violão e tentará tocar da mesma forma que um destro o faria.

Isso pode parecer difícil, mas a verdade é que você provavelmente conseguirá se adaptar. Caso contrário, passe para a próxima dica.

Inverta o violão

Outra forma de evitar a compra do violão canhoto é inverter o modelo tradicional. Nesse caso, você vai inverter a posição do violão, mas manterá o local original das cordas.

Isso significa que os ritmos serão tocados de baixo para cima. Além disso, os acordes também se formam ao contrário. Para isso, considere a 1ª corda na parte de cima do violão.

Inverta o violão e as cordas

Inverta as cordas- violão canhoto

Por último, você pode inverter tanto o instrumento musical, como as cordas. Isso permite que você toque os ritmos e os acordes da mesma forma que os destros, mas com as mãos e cordas investidas.

Veja como retirar e trocar as cordas do violão em neste artigo.

Para tal, considere as seguintes trocas:

  • Trocar a posição da 6ª com a 1ª;
  • Trocar a posição da 5ª com a 2ª e;
  • Trocar a posição da 4ª com a 3ª.

Lembre-se também de inverter o rastilho do violão para garantir o seu conforto!

Agora que você já conferiu todas as nossas dicas, cabe apenas a você decidir se o violão canhoto é ou não uma boa opção de acordo com as suas necessidades individuais. Caso você não consiga se decidir, vale a pena falar com um professor ou até mesmo um colega que já esteja acostumado com os dois tipos de violão.

Assim, será mais fácil tomar a decisão de investir ou não no modelo diferenciado. Boa sorte!

Se você ainda tiver mais dúvidas sobre o tema ou quiser compartilhar sua opinião conosco, deixe seu comentário no espaço abaixo. Não se esqueça também de compartilhar esse artigo em todas as suas páginas nas redes sociais.

Até a próxima!

You May Also Like

About the Author: Redação Dicas de Violão

O Dicas de Violão é dedicado a trazer conteúdo exclusivo sobre Violão. Aprenda a tocar e fique atualizado sobre as principais informações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *