Músicas fáceis de tocar para iniciantes: 10 nacionais

Descobrir músicas fáceis de tocar traz muita motivação a um iniciante do violão. Primeiro por ver-se o treino ganhando vida. Materializando-se. E, em seguida, porque essas músicas farão tudo mais natural e confortável.

Hoje, separamos 10 músicas fáceis de tocar para você se divertir enquanto treina. E, claro, progride em seus estudos de violão. Mas, antes, falemos um pouco como reconhecer uma música fácil. Vamos juntos?

Os critérios que fazem as músicas fáceis de tocar

Logo de cara, o principal critério é o ritmo. Músicas com batidas contínuas e compasso 4/4 lideram a categoria.

Se quer entender mais de batida de violão e noções de tempo e compasso, visite nossas matérias. Nelas, deixamos bem claro o que são e como vão melhorar seus resultados.

Mas não para por aí. Outro critério importante para que as músicas sejam fáceis de tocar é sua construção. Quanto mais acordes naturais e menos pestanas, melhor.

Outro ponto importante é a repetitividade. Músicas fáceis de tocar costumam ter pouca variação. No máximo, uma sequência nas estrofes e outra no refrão.

Juntos, esses elementos colaboram para a memorização da estrutura.

Vejamos, agora, 10 sugestões d e músicas fáceis de tocar. Buscarei, ao máximo, apresentar estilos diferentes. Assim, agradamos tanto gregos quanto troianos. Combinado?

10 – Que país é este?, Legião Urbana (Rock Nacional)

Quando comecei a tocar, lá nos anos 90, Que país é esse era a rainha das músicas fáceis de tocar. Hoje, embora já tenha caído no limbo, pode ajudar você como me ajudou.

A Legião Urbana possui uma série de músicas que podem ser chamadas de fáceis. Várias delas também são bem bonitas. Mas nenhuma supera a simplicidade de “Que país é este?”.

Dotada de três acordes, apenas, e com ritmo constante, você vai aprendê-la bem rapidinho.

Se liga na vídeo aula que o Cifra Club preparou:

Reparou que a música inteira repete Em (Mi menor), C e D? Pois é. Lembrando-se de só três acordes, você já toca a música inteira.

A grande jogada será conseguir fazer em tempo hábil a migração de C para D. Basta treinar. O Em é mantido por quatro batidas, e C e D, duas batidas cada.

9 – Me namora, Natiruts (Reggae)

Outra de nossa lista de músicas fáceis de tocar é “Me namora”, do Natiruts. É uma canção muito bonita e bem simples.

Me namora é constituída por apenas dois acordes. Na versão original, G7M (Sol com sétima aumentada) e C7M (Dó com sétima aumentada). O ritmo obedece à puxadinha do Reggae.

Por serem acordes menos comuns, “Me namora” vem depois de “Que país é este?”. Se liga:

Mas não se assuste: se você achou difícil montar esses dois acordes, sem problemas. Basta simplificar, usando o G (Sol maior) normal e uma variação do C7M. Basta montar o C normal e deixar o indicador solto.

8 – Velha infância, Tribalistas (nova MPB)

“Velha infância” virou febre, há alguns anos, quando do seu lançamento. E, claro, não poderia faltar em nossa lista de músicas fáceis de tocar.

Ela é composta por quatro acordes. A saber: Em (Mi menor), Am (Lá menor), D (Ré) e Em, novamente. A batida constante faz de “Velha Infância” uma música simples e divertida.

7 – Te esperando, Luan Santana (Sertanejo)

Para aqueles que não gostam muito de Rock, trouxemos Luan Santana. “Te esperando” é uma música bastante simples, tocada, na maior parte, com dois acordes: A e D.

Há uma pequena variação, num dos trechos, na que o Dm (Ré menor) entra como transição.

6 – Gostava tanto de você, Tim Maia (Soul)

Os mais novos talvez não conheçam. Porém “Gostava tanto de você” é um marco no Soul abrasileirado de Tim.

Quando for treinar, eu te certeza: sua mãe vai adorar.

Os acordes, embora não naturais, são fáceis de fazer. E atente-se para as duas pestanas. Mas não se preocupe: basta correr duas casas e voltar.

“Gostava tanto de você” te ajudará a fortalecer o indicador e fazer boas pestanas. Tudo isso num piscar de olhos.

5 – Malandragem, Cássia Eller (Rock Nacional)

Um clássico, “Malandragem” trabalha uma harmonia muito comum. Você a encontrará, mais tarde, em outras grandes canções. “Sultains of Swing” é um grande exemplo.

Dentre os principais obstáculos, Bb (Si bemol) mostra-se o mais difícil de superar. Porém, com tempo e treino, você conseguirá tocá-la todinha.

E não há roda de violão que não vibre com Cássia Eller. Vale todo o esforço.

4 – Você partiu meu coração, Nego do Borel (Brasilidade)

“Você partiu meu coração” é uma opção alegre e irreverente. Mesmo que não goste muito do estilo, não hesite em coloca-la em seu repertório de treino.

A levada é quente. Talvez surja alguma dificuldade com o ritmo. Contudo basta treinar. Ela te ajudará, inclusive, a trabalhar batidas mais elaboradas.

Quanto aos acordes, fique tranquilo: sem pestanas. E são poucos: Am, Dm e Em.

3 – La Belle de Jour/Girassol, Alceu Valença (MBP)

“La Belle de Jour” e “Girassol” são irmãs gêmeas. Alceu Valença trabalhou a mesma harmonia, com pequenas variações. Fê-las músicas fáceis de tocar que não podem ficar de fora.

Se aprender uma, sabe a outra. Um combo. E funciona muito bem em pout-pourris.

Apenas guarde o conselho: não se preocupe com o dedilhado. Toque os acordes normalmente. A sonoridade ficará excelente mesmo assim.

Noutra hora, com mais técnica e treino, você desenvolve a versão original. Agora, é hora de avançar, simplesmente.

2 – Acima do sol, Skank (Rock Nacional)

Falamos de uma música muito gostosa de ouvir e, também, de uma das músicas fáceis de tocar.

“Acima do sol” trabalha pouquíssimos acordes. O ponto de dificuldade, se ocorrer, será com relação à ponte de transição.

1 – Singular, Anavitória (POP)

“Singular” é uma das músicas fáceis de tocar mais gostosa, dentre todas as apontadas. É leve, e a variação de acordes é bastante tranquila.

Ficou em primeiro lugar por conta de sua irregularidade. É mais complexa de memorizar que as anteriores. Porém fará seu estudo divertido e prazeroso.

E então? O que achou dessa lista de músicas fáceis de tocar? Tenho certeza que tirará muito proveito desse esforço.

Além de aumentar seu leque de estilos, crescerá em habilidade. De quebra, já terá um repertório bastante rico para churrascos e rodas de conversa. Genial, não?

Agora, é hora de deixar seu comentário. Compartilhe conosco quais outras músicas você acha serem úteis. No entanto lembre-se de focar em boas escolhas para iniciantes. Combinado?

Compartilhe com seus amigos que também estão começando. A música vive disso: de amizade e dedicação.

Em breve, traremos uma lista com músicas fáceis de tocar, mas voltado para canções internacionais. Fique de olho!

Até logo, caro aluno. Volte sempre e nunca deixe de acompanhar nossas novidades.

Tchau!

You May Also Like

About the Author: Mario Feitosa

Músico e compositor popular, o premiado escritor Mario Feitosa é especialista em tecnologia, poeta e redator. Baixista e violonista com décadas de experiência, seu compromisso é transformar a Música em matéria universal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *